Comparação das taxas de juros por tipo de empréstimo

Se você está procurando um empréstimo já deve saber que o quesito mais importante a ser analisado são as taxas de juros do empréstimo. As taxas de juros do empréstimo são o principal fator que podem surpreender você e acabar desregulando completamente sua vida financeira, caso não sejam muito bem analisadas.

Uma coisa é fato: se você fez um empréstimo você tem uma dívida, e se você tem uma dívida existem juros sendo cobrados enquanto você não conseguir quitar a dívida. O problema é que muita gente acha que só está fazendo empréstimo quando se vai a alguma instituição financeira solicitar dinheiro para pagar depois, quando na verdade, neste exato momento enquanto você lê este artigo, você já deve estar com um empréstimo em aberto.

Quer apostar? Então deixe-me lhe fazer uma pergunta: você usa cartão de crédito? Se você usa cartão de crédito, cada vez que você faz uma compra, você está fazendo um empréstimo. No mês seguinte você receberá uma fatura para pagar o empréstimo que você fez, e caso não pague a fatura, o juros será aplicado de forma implacável.

Outro exemplo: cheque especial. Se você usa o cheque especial, saiba que cheque especial também é uma forma de empréstimo. O banco irá aplicar os juros (altíssimos por sinal) depois de determinado período que você estiver devendo no cheque especial.

Tendo tudo isto em mente, fica aqui a pergunta: você sabe a taxa de juros de todos estes tipos de empréstimo?

Taxa de juros de cartão de crédito

As taxas de juros do cartão de crédito podem ser as mais altas de todas, variando entre 9% e 12% ao mês. Isto significa que no pior caso, se você fizer uma compra de R$ 1.000,00 no cartão de crédito, e deixar de pagar sua fatura dentro do prazo, esta compra irá lhe custar no mês seguinte o equivalente a R$ 1.120,00 e isto é só o começo. Se você ficar um ano inteiro sem quitar esta fatura de R$ 1.000,00 após 12 meses sua dívida para esta mesma compra estará em quase R$ 4.000,00.

Taxa de juros de cheque especial

As taxas de juros do cheque especial são tão altas quanto as taxas de juros dos cartões de crédito. Normalmente, estas taxas variam entre 8% e 11%. Se tomarmos como exemplo o mesmo caso anterior, da compra de R$ 1.000,00 no final de 12 meses esta dívida no cheque especial custaria a você quase R$ 3.500,00.

Taxa de juros de empréstimo pessoal

As taxas do empréstimo pessoal são consideravelmente melhores com relação aos juros do cartão de crédito ou o juros do cheque especial. Este tipo de empréstimo costuma ter taxas entre 3,9% e 6,5% ao mês e pode acabar sendo uma opção razoável caso você precise do dinheiro para uma emergência ou algum investimento importante. No entanto, vale ressaltar, que mesmo sendo uma taxa menor, se você estiver trabalhando com a ponta de cima da tabela, ou seja, algo em torno de 6% sua dívida ainda pode crescer bem rapidamente. Exemplo, após um ano, se você tomar R$ 10.000,00 de empréstimo pessoal a 6% a.m. você terá uma dívida total de mais de R$ 20.000, ou seja, o dobro do valor que você recebeu de empréstimo.

Taxa de juros de empréstimo consignado

O empréstimo consignado é sem dúvida a modalidade de empréstimo que oferece as melhores taxas, porém, não é um tipo de empréstimo que está disponível para todo mundo. Se você é servidor público, aposentado ou pensionista do INSS ou faz parte das forças armadas, esta pode ser a sua melhor opção. As taxas podem variar entre 1,7% e 2,6% ao mês.


2 comentarios »

Comente »