Empréstimos sem burocracia: onde conseguir?

Os anúncios de empréstimos estão cada dia mais comum em jornais impressos, na internet, revistas, tv e outras mídias.

Empréstimos ou crédito pessoal, empréstimo consignado, empréstimo com cheque ou penhor. São tantas opções possíveis, que confundem os clientes, que muitas vezes ficam sem saber qual é a melhor opção para seu caso ou qual é menos burocrático. É muito importante entender as diferenças e escolha a melhor modalidade e instituição financeira na hora de pedir o seu empréstimo.

Empréstimo pessoal

Empréstimo pessoal ou crédito pessoal é uma linha específica para pessoas físicas e quando a pessoa é correntista, geralmente já têm crédito pré aprovado, podendo até ser sacado direto no caixa eletrônico.

Essa é uma das modalidades menos burocráticas existentes no mercado, mas existem dois pontos contra: que são o limite do crédito, geralmente é limitado e a questão de que o cliente não pode ter restrições em seu nome junto às instituições de proteção ao crédito SERASA e SPC.

Outra opção com pouca burocracia é o empréstimo consignado, em que as parcelas da dívida são descontadas automaticamente na folha de pagamento conforme as regras contratuais assinadas pelo cliente.

Algumas financeiras, como também são chamadas as empresas que emprestam dinheiro, têm como principal produto o empréstimo consignado.

Empréstimo consignado: quem pode fazer?

Essa modalidade, também conhecida como empréstimo com desconto em folha não está disponível para qualquer pessoa. O candidato ao empréstimo precisa estar dentro de alguns grupos, que são:

– Trabalhar em empresa formal, com carteira assinada e possuir função estável. A empresa na qual o candidato ao empréstimo trabalha precisa ser correntista e autorizar a transação entre banco e funcionário.
Se estiver tudo dentro desses critérios o empréstimo sai sem complicação ou demora. O funcionário assina autorização para que as parcelas sejam debitadas de seu salário mensalmente.

– Outras condições possíveis são: ser pensionista do INSS, aposentado ou trabalhar como funcionário público concursado.

Os critérios para o empréstimo consignado têm o objetivo de evitar a inadimplência e como as pessoas que atendem esses critérios têm estabilidade financeira, conseguem facilmente, até mesmo se tiver restrição em seu nome.

Empréstimo com cheque

Essa modalidade é uma das menos praticadas atualmente, mas quem tem conta corrente com talão de cheques e tem uma relação estável com o banco, pode pegar dinheiro emprestado e pagar com cheques pré datados, que são descontados conforme acordado em contrato entre instituição financeira e devedor.

Além do crédito pessoal e empréstimo consignado, outra modalidade sem burocracia é o empréstimo com penhor, privilégio de quem tem objetos de valor, geralmente joias, que podem trocá-las temporariamente por dinheiro. Quando o devedor paga a dívida resgata seus objetos valiosos.

A documentação para empréstimos varia de acordo com a modalidade, mas todas pedem comprovante de renda (os três últimos meses), comprovante de endereço em nome da pessoa que pretende tomar empréstimo ou com declaração do dono do imvel, além dos documentos pessoais, como RG e CPF.

É importante não ter pendências com a Receita Federal, para que qualquer modalidade de empréstimo seja liberada.

Onde conseguir empréstimo sem burocracia

A modalidade de empréstimo por consignação pode ser feita em qualquer banco, desde que a empresa para a qual se trabalha seja correntista ou no caso dos pensionistas e aposentados, os bancos nos quais recebem seus salários ou benefícios.

As financeiras também são fonte de dinheiro rápido, desde que preencham os critérios da modalidade escolhida.

As financeiras mais comuns são Fininvest, BV Financeira, Omni, Losango, Aymoré, além de bancos convencionais como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Santander, Itaú, HSBC, Bradesco, Panamericano e outros.

Lojas como Pernambucanas, MM Mercado Móveis, Salfer, Lojas Americanas, Lojas do Baú entre outras, também oferecem empréstimo rápido para seus clientes, sendo que quem não é cliente também consegue, mas é um pouco mais burocrático, pois a loja precisa ainda cadastrar o cliente e ter a aprovação de seu cadastro.

As taxas de juros variam bastante, por isso é bom fazer simulação de empréstimos ou cotações, antes de decidir onde pegará o seu empréstimo.


Comente »